8 de mar de 2012

Dar te ei



Dar te ei,  beijos

asas,

motivos,

raízes,

café quentinho,

amor agarradinho,

filhos,

terás um lar,


Dar te ei, o eu, o eu completo, com todas as inseguranças e pés na terra.

Serás, sempre prioridade, e haverá um equilíbrio, entre desejos e vontades, embora a balança  possa pesar só de um lado as vezes,  o equilíbrio será o foco.

Mas isso  envelhece, chora, rir, canta, se desespera, e traz paz.

Sente dor, e se vai.

Mas sempre volta, com a paz e tranquilidade, como se nada houvera acontecido antes.

Se fortalece com amor, perdoa com o coração.

Fala bobagens, e verdades, as vezes se  arrepende, pede desculpas, e se doa por completo.

Suporta, e tem paciência para deixar passar, teus dias mais infernais, aonde nem você mesmo não se suporta.

Não espera nada, só espera que você seja sempre, você mesmo, com toda sua essência  e inquietudes.

Se tornará embebecida dos teus sonhos de astronauta lunático.

Se sentir segura talvez seja essencial, mas as vezes sinta-se tão forte, que possa não necessitar de toda a sua segurança.

Quando a vergonha diz adeus, toda essa poesia, escrita no escuro, é cantada ao pé do ouvido.

Todas essas complexas relações, são humana, por que todos os humanos são complexos. Mas quando existe fidelidade e companheirismo, fidelidade no sentido de estar juntos para qualquer acontecimento, bom ou ruim. 
Todas essas complexidade de sentimentos, se  coincidem  de tal forma, que se realizam em, casais apaixonados e famílias de amor fraterno.Assim, pais felizes, prósperos, e amorosos, trazem a terra, filhos, felizes, prósperos e amorosos.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Capte-me uma mensagem a toa Copyright © 2013 Design by Caminho da Luz