19 de nov de 2011

Me escreva

0 comentários
Me escreva uma carta sem remetente, só o necessário e se estar contente.Tente lembrar qual eram seus planos.Me conte o que mudou com o passar  dos anos.Me conte tudo, ler suas cartas, e como ouvir sua voz no pé do ouvido.Me diga o porque ainda anda dentro dos meus sonhos sempre me olhando, com brilho nos olhos.As palavras anda fugindo e a saudade, vem as vezes vem ao meio-dia.A inspiração anda ausente, e o navegar nos mares desconhecido não existe mais.Escrever ficou um pouco de lado, escrever é minha conexão direta a você.Se eu pudesse mostrar o que você me deu, eu mandava embrulhar, e mandava de presente de natal.Essa é minha forma de guardar um amor.Então vem, me compre uma flor, me toque macio, me conte um segredo, que eu te encho de beijos.

13 de nov de 2011

Vida nova

0 comentários
A amazônia é fascinante, suas cores inspiram a criar.
Tenho me divertido nos bares da cidade, nas festa de família.
Nos casamentos, os buques fazem questão de não me ver.
Os homens sem atitude ficam esperando pelas damas da noite chegarem ate eles.
As tardes de chuva tem cheiro de mato, os óculos embaçam
Ando decorando  casas modelos, correndo antes das seis, para fugir da malaria.
Ando fazendo sucesso na faculdade, causando disputa entre quem eu não quero.
Meus sonhos com little secret, sempre estamos perto trocando olhares.
Domingo as pessoas vão atravessar a ponte, na qual ainda não fui ver.
Meu esconderijo é o 1010, na qual me encontro com meu eu, consigo ler meus livros, e fugir da cidade.
O inverno chegou, e todos os dias tem chuva.


 

Capte-me uma mensagem a toa Copyright © 2013 Design by Caminho da Luz