31 de mar de 2011

Segunda carta - Perdão


Sábado, 19 de março de 2011.

Querido secret dreams,
Anexo o meu melhor quadro, como sinal que te perdoo por hoje.
Quando recebi sua primeira mensagem do dia (bom dia dream ), minhas emoções ficaram como uma maquina de secar roupas se debatendo umas nas outras.
Após a ultima ligação dizendo que não nos encontraríamos, a decepção e a raiva  foi tanta, igual quando cortei meu dedo com estilete sem querer.Com raiva por ter sido tão distraída, e dor por sentir meu dedo cortado e sangrando, e acordar na enfermaria.Só que desta vez eu acordei e sai para dançar.
A razão por eu te perdoar no dia seguinte, é por que você não é perfeito.
Você é imperfeito, e eu também.Todos os  humanos são imperfeitos.
Até mesmo o homem do lado de fora do meu apartamento que joga lixo no chão.
Quando eu era mais jovem, eu queria ser qualquer pessoa menos eu.
Dra. Mary me disse : que se eu estivesse em uma ilha deserta, eu teria que me acostumar com minha própria companhia.Só eu e os cocos.
Ela disse que eu teria que aceitar eu mesma, com meus defeitos e tudo mais, e que nós não escolhemos nossos defeitos.Eles são parte de nós e temos que conviver com eles.
Nos podemos, entretanto escolher nossos amigos, e eu fico feliz de ter escolhido você.
Dra Mary também diz: a vida de todo mundo é como uma longa calçada.Algumas são bem pavimentadas.Outras são como a minha, tem fêndas, cascas de bananas e bitucas de cigarro.Sua calçada é como a minha, mas provavelmente não tenha tantas fêndas.
Com esperança, um dia nossas calçadas vão se encontrar e nós poderemos dividir uma lata de leite condensado com canudo.
Você se tornou meu melhor amigo.Meu único amigo de correspondência.

Ass : Sua amiga de correspondência "sonho meu"
Texto retirado do meu diário pessoal, antes de ele ir a caixinha de monet, e amarelar até a eternidade.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Capte-me uma mensagem a toa Copyright © 2013 Design by Caminho da Luz