28 de mai de 2011

Excesso de informação

Excesso de informação nos torna idiotas.Estamos na era da velocidade máxima.O planeta chora, e a dor e intensa, fruto das nossas frustrações, da velocidade desenfreada da tecnologia, da informação por segundos.
A quantidade de textos, fotos, vídeos, músicas e links para outras páginas combinada com incessantes interrupções na forma de mensagens de texto, e-mails, atualizações do Facebook e feeds de RSS fez com que nossas mentes se acostumassem a catalogar, arquivar e pesquisar informações. Desta forma, desenvolvemos habilidades para tomar decisões rapidamente, especialmente visuais. Por outro lado, cada vez lemos menos livros, ensaios e textos longos - que nos ajudariam a ter foco, concentração, introspecção e contemplação.
E saindo por ai, o que vemos na sociedade, baladas recheadas de mulheres lindas, siliconadas, corpos esculpidos de cirurgias plásticas,  independentes, saem sozinhas e  chegam sozinhas. Os homens, bem sucedidos, estudaram alcançaram o sucesso profissional sozinhos, alguns até buscam uma companheira para compartilhar coisas boas.Mas a oferta e tão grande, a facilidade e tanta, que não fazem esforços nenhum para obter o que querem, ficam sem saber o que quer, logo se contentam com o que tem por ai.E o que tem por ai, em qualquer classificado, ou na internet é o sistema fast-food, ligue ou faça um cadastro que eu entrego no domicilio solicitado.Já ouvi falar de mulheres que contratam personal dance, para dançar nos bailes com elas.As redes sociais, unindo milhares, ou melhor, milhões de solitários, em meio a uma multidão de rostos cada vez mais estranhos, plásticos, quase etéreos e inacessíveis.Não acredito que os homens querem mulheres barbies compradas, que ficam com o cabelo 24 horas montado, sem que um vento movimente.Acredito que eles queiram mulheres inteligentes, para ter ao lado e ser mãe de seus filhos, que entendam e que compreendam, que eles adoram admirar as gostosas, e imaginar mil coisas.Para ter bons e maus momentos, e que tenham momentos que eu vou pensar em cair fora, mas esperando que ele peça : fique comigo, e eu ficarei, para não me arrepender pelo resto da vida de eu ter abandonado.
E cada vez mais estamos mais carentes, carentes de afeto, de ouvir um amigo dando conselhos, de carinho, carentes de andar de mão-dadas.Nos tornamos carentes das coisas simples da vida, que nós fazem esquecer todos os nossos problemas.Nesse ponto que vejo que os garotos de bike tem uma sabedoria divina, eles sabem se divertir mais, do que os coroas de ferrari, que sorri e olham de canto de olho, para ver se conseguem comprar uma barbie.Da para ser um homem de negócios e tomar iogurte com os dedos, e rir de si mesmo.Estamos com fome de amor.E quando colocamos nossos valores na frente, nos tornamos bregas, entramos num rótulo de familias conservadoras, preconceituosas.Posso até parecer uma solteirona infeliz, mas e necessário ter coragem e encarar a realidade.Namorar está se tornando  rídiculo.Mas seja rídiculo, e seja feliz, mas  não seja frustado."Pague mico", saia gritando e falando o que sente, demonstre amor... Você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta mais... Perceba aquela pessoa que passou hoje por você na rua, talvez nunca mais volte a vê-la, ou talvez a pessoa que nada tem haver com o que imaginou mas que pode ser a mulher da sua vida...Se olharmos as fotos de antigamente, não são as mesmas pessoas, lindas naturais, sãos mulheres lindas se mutilando e plastificando em nome da beleza, que dura pouco. O envelhecimento esta sendo adiado cada vez mais.Assim vai  aumentam os números de sindromes como o panico, dda, e etc...As mulheres começam a encontrar afeto nas mulheres, e os homens nos homens.Tornamo-nos máquinas, e agora estamos desesperados por não saber como voltar a "sentir", só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós... 
E isso se torna uma roda, em alta velocidade, que antes na era industrial era pela invenção do carro, que tornava o homem mais importante, definia sua classe social, agora é a velocidade da informação que não pode parar, mostra uma facilidade de obter as coisas, que na verdade, ilusória, pois ninguém conquista uma carreira bem sucedida tão rápido, a menos que tenha herdado de berço, como construir relacionamentos assim num piscar.Relacionamentos se constroem, quando decidimos o que queremos para nossas vidas.
Existe uma perda de valores familiares nessa sociedade, aonde você abdica de seus valores, para obter aceitação, a ganância material passando por cima de qualquer valor moral.
Logo, o efeito dessa velocidade máxima de informação, é refletido na terra, pela enorme poluição produzida ao longo desses anos de avanço tecnológico.
O planeta chora, e suas lágrimas é o refelxo de nossas frustações, nossas raivas, dores, atitudes inconseqüentes.
Ligue o piloto automático e deixe-se conduzir, ou conduza você sua vida, tendo escolhas conscientes, com princípios morais e caráter.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Capte-me uma mensagem a toa Copyright © 2013 Design by Caminho da Luz