11 de fev de 2011

Borboleta azul

Pelas janelas eu vi passar a borboleta azul, que me faz sonhar.
Suas asas dança leve pelo ar
Ao meio de varias borboletas
Até parei a admirar...
E descobrir quais as razões de me fazer parar, direcionar e focar o olhar
Talvez seja por que é muito raro eu ver borboletas azuis
Que  inspiram, dança e canta aos ventos sentimentos
Quisera os ventos manda-se uma borboleta azul me visitar
Traçariamos planos de voos, pelos lugares mais belos
Seria parte da minha memória quando eu estiver de viagem
Nosso ponto nessa poesia sempre seria de continuação
Gritaríamos lírios e agradeceríamos aos anjos

0 comentários:

Postar um comentário

 

Capte-me uma mensagem a toa Copyright © 2013 Design by Caminho da Luz