25 de nov de 2010

Me levam até você

Os aviões que aqui passam, vejo pela janela, por entre as nuvens vão sumindo.
E enquanto passa os aviões levam o sinal do celular
E me retiram da prancheta por um minuto
E eu vou deixando passar os dias, pois ele me levará para bem longe por longos dias
Aonde eu busque paz, conheça novas paisagens e escreva novas histórias
E quem sabe assim ele me levando sempre a um lugar diferente eu te encontre
Nada sei de você, mas sei que me espera em algum lugar.
Sei que leva com você a metade do meu ser
Sei que suas qualidades completam os meus defeitos
Sei que serei a arquiteta do teu lado mais incorretos
Proprietária do teu lado mas sedutor
Artesã do teu lado mais humano
Serei vulnerável ao teu lado mais amável
Carcerário do teu lado mas grosseiro
Serei o soldado do teu lado mais malvado
E carpinteiro do teu barco de madeira
E assim seguirei voando para te encontrar, pois nos meus sonho você sempre estará
E assim como os aviões que aqui passam, eu a cada dia busco voar
Voar bem alto, e chegar aonde eu possa expressar todas as minhas inquietações e anseios
Aonde eu encontre você, que será minha  maior inspiração
Sei que em algum lugar você me espera
Você me entende me compreende
Pois estou só, e só buscando
Alguém para recordar em minha memória quando estarei bem longe
Sou viajante e caminho ao redor do mundo
Mas eu quero voltar a minha casa
Para te encontrar, meu príncipe sortudo que me olha, respira e  me olha.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Capte-me uma mensagem a toa Copyright © 2013 Design by Caminho da Luz